Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/3375
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Potencial energético de efluente em estação de tratamento de esgoto
metadata.dc.creator: Figueiredo, Luis Carlos Ribeiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Antunes, Sandra Regina Masetto
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Weirich Neto, Pedro Henrique
metadata.dc.contributor.referee1: Costa, Bill Jorge
metadata.dc.contributor.referee2: Gomes, Jaime Alberti
metadata.dc.description.resumo: O esgoto gerado nas grandes cidades cresce junto com o incremento da população urbana e, consequentemente, leva a um aumento dos subprodutos formados nas estações de tratamento de esgoto (ETE), em especial o lodo. Portanto, existe a necessidade de dar uma destinação a estes resíduos. Uma das alternativas é o uso deste material na geração de energia. Neste contexto esta pesquisa teve como objetivo estudar a viabilidade do uso do lodo gerado na ETE Rio Verde, situada em Ponta Grossa (PR), como combustível. As amostras foram coletadas em dois pontos da estação de tratamento: no leito de secagem (LS) e após decanter (DEC). O lodo foi caracterizado em relação ao potencial energético (poder calorífico superior), composição, teor de água e cinzas. Para a obtenção do poder calorífico superior (PCS) foi utilizada uma bomba calorimétrica. Os valores obtidos, em média, de PCS foram entre 13.560 (DEC) e 11.490 (LS) kJ kg-1 , dependendo do teor de água, que por sua vez apresentou valores numa faixa entre 52% (LS) a 75% (DEC) em massa. Para obtenção do teor de cinzas realizou-se pirólise do lodo nas temperaturas de 600ºC e 900ºC, resultando, em ambas as temperaturas, cerca de 15%, em massa, de cinzas. As cinzas apresentaram composição majoritária de óxidos de silício, alumínio e ferro. O teor de cinzas gerado na queima do LS e DEC, numa mesma temperatura, não variou significativamente. A partir dos resultados obtidos, conclui-se que a queima do lodo pode ser utilizado para a geração de energia como combustível.
Abstract: Sewage generate in the urban centers grows along with the increase in the urban population and, consequently, leads to an increase in the byproducts formed in the sewage treatment stations (STS), especially sludge. Therefore, there is a need to dispose of these residues. One of the alternatives is the use of this material in the generation of energy. In this context, the objective of this study is the investigated the feasibility of using sludge generated at the Rio Verde STE located in Ponta Grossa is fuel. The samples were collected in two points of the treatment station: in the drying bed (DB) and after the decanter (DEC). The sludge was characterized in relation to the upper energy potential (UEP), composition, water and ash contents. A calorimetric pump was used to obtain the higher heating value (HHV). The HHV mean values obtained were between 13.560 (DEC) and 11.490 (DB) kJ kg-1 depending on the water content, which in turn presented values between 52 %(DB) and 75% (DEC) m/m. To obtain the ash content, sludge pyrolysis was carried out at 600 ° C and 900 ° C, resulting in about 15% ash in mass, regardless of the temperature. The ash majority composition presented silicon, aluminum and iron oxides. The ash composition generated from the DB and DEC burning, at an equal temperature, did not vary significantly. The results obtained lead to the conclusion that the burning of the sludge can be used to generate energy, as well as fuel.
Keywords: lodo de esgoto
poder calorífico
teor de cinzas
energia alternativa
biomassa
calorific value
ash content
alternative energy
biomass
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Estadual de Ponta Grossa
metadata.dc.publisher.initials: UEPG
metadata.dc.publisher.department: Setor de Ciências Agrárias e Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Bioenergia
Citation: FIGUEIREDO, Luis Carlos Ribeiro. Potencial energético de efluente em estação de tratamento de esgoto. 2018. Dissertação (Mestrado em Bioenergia) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/3375
Issue Date: 5-Sep-2018
Appears in Collections:Programa de Pós - Graduação em Bioenergia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luis Carlos Ribeiro Figueiredo.pdf2.73 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons